pioneiroNa Reunião Ordinária do dia 09 de dezembro de 2019, a Câmara Municipal aprovou por unanimidade o Projeto de Lei nº 014/2019, de autoria do vereador Isaque Bernardes da Silva que institui o Dia Municipal do Romeiro a Aparecida – SP (Capital da Fé) – Dia 01 de setembro de cada ano.

O vereador Isaque justificou a apresentação do referido PL dizendo: As romarias de Cambuquira estão presentes na comunidade há mais de 80 anos. A Fé e a devoção a Nossa Senhora Aparecida são os motivos para os romeiros dedicarem-se a organizar grupos para a peregrinação de 06 dias, da cidade de Cambuquira/MG à cidade de Aparecida/SP.Com mais de 10 grupos de Romaria a Pé, com cerca de 50 a 150 pessoas cada grupo, é expressivo o envolvimento da comunidade em um município, fazendo parte de sua cultura e da sua identidade.O grupo de Romaria de Cambuquira, o mais antigo, existe há mais de 80 anos, e a formação mais recente é a Romaria Filhos de Maria, criado em 2017. Cada grupo é formado por equipes de apoio composto por: cozinheiros, enfermeiros, massagistas, religiosos, direção e romeiros. Há também devotos de outras cidades que fazem parte da caminhada: Varginha, Pouso Alegre, São Gonçalo, Santos, Mairiporã, São Paulo.No município de Cambuquira, a romaria mais antiga é datada de 1933. De acordo com relatos e documentos, o começo da romaria de Cambuquira está relacionada a uma promessa da mãe Celina, moradora de Cambuquira, feita na década de 1930, não se sabe ao certo qual foi o pedido da mãe, embora haja uma forte hipótese que sugere o não recrutamento dos seus 03 filhos varões: Luiz de Andrade Barbosa, Odilon de Andrade Barbosa e José de Andrade Barbosa para a guerra contra o Estado de São Paulo, na Revolução Constitucionalista de 1932. Se a graça fosse atendida, os filhos teriam que sair em romaria e foi o que aconteceu. Os 03 irmãos saíram de Cambuquira e foram andando a pé até a cidade de Aparecida/SP. Eles contaram e tiveram a companhia de mais 05 amigos, formando um grupo de 08 pessoas, assim discriminados: Armando Almeida Santos, Manoel Almeida Santos, Sebastião Oliveira, José Dias da Silva e José Teixeira, sendo que um também estava pagando promessa, inclusive um deles interrompeu sua lua-de-mel para participar da viagem dos irmãos amigos. O Sr. Armando Almeida Santos, um dos primeiros romeiros do município, pediu ao amigo, Arnaldo Pereira de Andrade, que continuasse a romaria quando ele morresse, para não deixar acabar a tradição. E assim foi feito. O Sr. Arnaldo morreu com 107 anos, sendo 78 anos dele dedicados à romaria. Concluiu.O Projeto foi aprovado por unanimidade e encaminhado ao Sr. Prefeito Municipal que o sancionou – Lei Municipal nº 2.530 de 13 de janeiro de 2020.

Home
Avenida Virgílio de Melo Franco, N° 471 || Cambuquira / Centro - Minas Gerais / Brasil || 37420-000
Mail camara@camaracambuquira.mg.gov.br Phone (35) 3251-1486 // 3251-2323
Fax

(35) 3251-1486 // 3251-2323