Notícias

Cpia_de_Digitalizar0003Comemorada na APAE de Cambuquira entre os dias 22 a 26 de agosto, a Semana do Excepcional contou com a colaboração de diversos ramos da sociedade cambuquirense.

fila_3Na Reunião Ordinária do dia 04 de outubro, o vereador Fabrício dos Santos Simoni apresentou ao Plenário a indicação nº 034/2011 que, solicita ao Sr. Prefeito Municipal providências no sentido de estudar a possibilidade de abrir a Fonte Roxo Rodrigues “Barracão” no Parque das Águas durante todo o

figueira_1Na Reunião Ordinária do dia 04 de outubro, a vereadora Rejany Carvalho Lemes apresentou ao Plenário o Requerimento nº 047/2011 que solicita ao Sr. Prefeito Municipal informações sobre a não retirada dos entulhos que encontram-se na Rua Amoreira, no Bairro Figueira.

 A cafeicultura depende da preservação dos recursos naturais, da fauna e da flora para se manter sustentável. Na implantação da lavoura, é necessário preservar a vegetação natural do topo dos morros, pois esta parte dos terrenos funciona como região de recarga das reservas de água, constituindo uma importante via de infiltração das águas das chuvas que irão reabastecer o lençol d’agua. A cobertura natural pelas matas é a forma mais eficiente de aproveitar bem as chuvas, “segurar” as enxurradas e conter a erosão, sem perda da camada fértil do solo.
 O solo é o meio onde as raízes irão se estabelecer para dar a sustentação, suprimento de água e nutrientes para a planta. A sua formação pela natureza exige milhões de anos. Solos rasos, pedregosos e muito declivosos não servem para plantio de café.
 Não resistem a erosão e não armazenam a água das chuvas. Nestes solos a lavoura não responderá bem aos tratos, entrará logo em declínio após uma alta carga, sucumbindo facilmente em anos de seca: enfim, não terá assegurada a sua sustentabilidade.
MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO
 São os cordões de contorno, carreadores em nível caixas de retenção, etc. seguram e armazenam tanto as águas das estradas quando as  águas das chuvas.
Manejo de mato – Fazer roçadas ou capinas alternadas. Se o mato de folha larga demorar a aparecer, deixará muito exposto o solo durante a formação do cafezal. Nestes casos eliminar apenas as espécies mais competidoras, preservando aquelas desejáveis para a produção de sementes e repovoamento do solo. O mato abriga muitos insetos benéficos, inimigos naturais das pragas, mantem o solo com umidade, que resiste com mais chance, contra a seca que passamos.
Lembramos que a incidência direta do sol prejudica o solo, por este motivo, deve-se manter o mesmo protegido com vegetação controlada.
AÇÕES NO CAMPO
Época de fazer:
adubação do solo;
 adubação foliar;
 analise foliar;
 quando chover preocupar com a capina e
 fazer a desbrota e podas

Eduardo Silva Moreira
Extensionista Agropecuário da Emater/MG

correio_2No dia 22 de setembro, o vereador Celso Alves da Silva esteve presente à inauguração da Agência de Correio Comunitário (AGC), que funcionará na escola do bairro rural do Congonhal, representando a Câmara Municipal.

Home
Avenida Virgílio de Melo Franco, N° 471 || Cambuquira / Centro - Minas Gerais / Brasil || 37420-000
Mail camara@camaracambuquira.mg.gov.br Phone (35) 3251-1486 // 3251-2323
Fax

(35) 3251-1486 // 3251-2323