Palavra do Presidente

A Expectativa de um país melhorA situação social, política e econômica do Brasil merece uma reflexão severa sobre a tentativa, promovida por políticos, em sua grande maioria corruptos ou acusados de tal, de eliminar a esperança do povo brasileiro. Com o disparato de corrupção e desmandos em nosso país, existe uma necessidade de mudança que só será possível se tivermos esperança em nossos jovens, pois eles terão a possibilidade de reverter essa situação caótica e decadente que estamos vivendo.Essas mudanças seriam da forma de governar, substituindo os políticos atuais, com velhos vícios de corrupção, por pessoas novas, com caráter, moral e ética, comprometidos nas formas de gestar nosso país.Temos de ter esperança de que é possível enfrentar e renovar nossos governantes para proteger nosso rico, querido e amado Brasil. Temos pessoas com expectativas e visões amplas de retomada da economia com medidas de estímulo aos bons costumes e compromisso com o progresso de nosso país. Pessoas que lutam pela Ordem e Progresso de um país ordeiro que busca resgatar sua imagem no mundo.Vamos incentivar os jovens para que exerçam com cidadania, no sentido de buscar diminuir a desigualdade social. Ainda somos um dos países de pior distribuição de renda no planeta, em poucos lugares há tanta diferença entre ricos e pobres. O Brasil precisa melhorar muito a qualidade do ensino, especialmente do ensino público.Também se faz urgente reduzir os índices de violência. Vivemos num país onde os assassinatos passam dos 60 mil por ano, número que supera qualquer guerra em curso no mundo.Fazer política, acreditar na política. Cresce especialmente entre os jovens, a idéia inteiramente falsa de que todos os políticos são malandros, que política não serve para nada e que todos são iguais. Não são. É no debate político civilizado que surgem as idéias que viram ações. Idéias boas ou ruins que seja, idéias ruins também podem apontar caminhos, ao negá-las afirmamos algo. O problema é a total falta delas.Mais cultura. Para começar, melhorando a qualidade de educação e aumentando muito o investimento na produção e difusão cultural e também na preservação do patrimônio histórico. O Brasil precisa acreditar na idéia de que, com aperfeiçoamento de sua jovem democracia, saberá descobrir, por si mesmo, do que precisa.O Brasil precisa aprender a não dar tanta atenção a criaturas que se julgam iluminadas a ponto de saber do que o país precisa.O brasileiro informa-se tão bem a ponto de ficar em dúvida e decidir pensando por sua própria cabeça. O Brasil precisa acreditar que a maioria saberá escolher o que é melhor para o país e que, se achar que as coisas estão indo mal, pode fazer outra escolha em alguns anos. Isso se chama democracia. Ninguém teve uma idéia melhor.***No dia 15 de outubro foi comemorado o Dia do Professor, o único profissional que forma todos os profissionais. Parabéns a todos os professores pelo seu dia!***Conforme Resolução nº 649/2017 de 15 de setembro, a partir do dia 02 de outubro, As Reuniões Ordinárias da Câmara Municipal passaram a ser realizadas às segundas-feiras às 18 horas.Paulo César Lemes – Presidente

Em meio a todo esse turbilhão, muitos estão perdendo a esperança e, erroneamente, pegando poucos como espelho de um todo. Não podemos incorrer nesse erro, não podemos perder a esperança de um Brasil melhor. O Brasil não é apenas feito de políticos corruptos, mas é feito de algo muito maior e bonito!Abalos ocorrem, estremecem as bases, tornam tudo um tanto sem direção. Vivemos momentos em que uma labirintite parece dominar o cenário político e ético de nosso país. E, o que mais temos visto são pessoas desesperançosas, pessoas decepcionadas de um tanto com os políticos que lá estão em Brasília, que esquecem-se de que o Brasil é muito maior do que algumas centenas de engravatados, de peito estufado, fala pomposa e arrogância extremada.O Brasil é feito, em sua grande maioria, daqueles que acordam todos os dias de madrugada, tomam seu café correndo para não perder o ônibus que passará no ponto. Pulam de um ônibus para outro, até chegarem aos seus trabalhos. Além dos que madrugam, o Brasil também é feito daqueles que acordam um pouco mais tarde, tomam café menos apressadamente, levam seus filhos para a escola e depois seguem para o trabalho em carros confortáveis. Além daqueles que madrugam e vão de ônibus para seus trabalhos, além daqueles que vão aos trabalhos em carros confortáveis, o Brasil também é feito pelos estudantes que vão de transporte escolar, que vão a pé, que são levados por seus pais, que vão de ônibus, e chegam nas escolas ou faculdades e empenham-se ao máximo nos seus afazeres. Além desses todos citados, o Brasil também é feito pelas donas de casa, mulheres que escolheram cuidar de seus lares, dedicarem-se apenas à família, à sua casa. Além desses todos citados, o Brasil também é feito de aposentados, pessoas que se dedicaram a vida toda a trabalhar e agora buscam descansar, em meio a idade avançada e as doenças que são naturais da velhice.É esse Brasil, do trabalhador, do estudante, da dona de casa, do aposentado que me encanta e que me enche de esperança. É esse Brasil de pessoas que se dedicam que lutam que se empenham que me enche de esperanças. É esse Brasil que alimenta em mim a crença de que ainda somos o país do futuro, que ainda podemos alçar voos mais altos, que ainda podemos crescer mais e mais como nação e como sociedade. É esse Brasil que me dá ânimo para acordar todos os dias e ter fé de que muito ainda pode ser feito, e muito ainda será feito! É esse Brasil que alimenta em mim a realidade de dias melhores para todos nós.O Brasil é o seu povo!Paulo César Lemes- Presidente

banner-sic         img_portal_transparencia        tce

Home
Avenida Virgílio de Melo Franco, N° 471 || Cambuquira / Centro - Minas Gerais / Brasil || 37420-000
Mail camara@camaracambuquira.mg.gov.br Phone (35) 3251-1486 // 3251-2323
Fax

(35) 3251-1486 // 3251-2323