Notícias

Brasao_Cambuquira_-_MGNo dia 04 de maio, a CPI da Copasa realizou sua última reunião e aprovou o relatório final da Comissão.Após meses de trabalhos e investigações, a Comissão buscou encaminhar diversos pedidos às autoridades competentes. Receberão o relatório o Ministério Público, a ARSAE, o Procon, a Polícia Ambiental, a Prefeitura e a Câmara Municipal. As providências vão desde a necessidade de atualização contratual para permitir maior fiscalização até providências efetivas na implantação do Sistema de Coleta de Esgoto e Estação de Tratamento de Esgoto.Alguns dos resultados práticos que já foram alcançados:- Foram refeitas diversas recomposições de pavimentação de ruas;- A Copasa já encaminhou licitação para início das obras do Sistema de Esgotamento Sanitário;- A Copasa está em processo de compra do local onde funcionará a Estação de Tratamento de Esgoto;- Depois de adequações solicitadas pela CPI não ocorreram mais faltas de distribuição de água na cidade.“Temos muitas providências a serem tomadas, mas os resultados já começam a ser vistos. Isso é fruto de um trabalho democrático e de equipe, principalmente por conta dos membros da CPI da Copasa: eu e os vereadores Celso e Nei”, diz o relator da CPI, o vereador Hélber.“A nossa principal luta é o tratamento de esgoto. Em breve ocorrerá a licitação e o tratamento de esgoto no município, resolvendo problemas como os que ocorrem no Marimbeiro e no Congonhal”, disse o presidente da Comissão, o Vereador Celso.“Espero que consigamos resposta efetiva para nossa cidade, que é maravilhosa e merece um saneamento adequado e digno da nossa cidade.”, disse o vereador Nei, Vice-Presidente.Leia o relatório completo neste link: https://bit.ly/Relatório-Copasa

Pe._Pedro_Paulo_-_Celso_-_Pe_SilasNa Reunião Ordinária do dia 28 de março, o vereador Celso Alves da Silva apresentou ao Plenário a Moção de Congratulações e Aplausos nº 021/2022 ao Reverendo Sr. Padre Pedro Paulo dos Santos – nosso querido Padre Pepê.Padre Pepê começou essa OBRA - a Comunidade Evangelizadora Magníticat ( CEM) em 1992, exatamente 30 anos atrás. Como ele mesmo diz: 30 anos de DOR e 30 anos de AMOR. Sua luta foi incansável para o reconhecimento desse território sagrado. Começou com a comunidade na casa de sua mãe. Tinha o sonho de um local com uma linda construção, o reconhecimento por parte da diocese todavia foram muitos os entraves até conseguir o reconhecimento pela Diocese de Juiz de Fora.  Relembremos algumas passagens contadas por ele mesmo...“....Eu, vigário paroquial de Três Pontas e Coordenador Diocesano de Pastoral. Dom Diamantino tinha acabado de ser  nomeado bispo da Campanha, portanto bispo da MAGNIFICAT. Tivemos a alegria de recebê-lo em nossa casa, em Cambuquira 2 vezes. Chegou lá com uma abóbora e disse: “vim jantar com vocês”. O lindo: chegou espontaneamente. Celebrou para nós e a capela foi uma garagem. Era o que tínhamos. Assustamos! Mostrei a ele um esboço de nossas futuras Constituições e ele falou: “rasga isso, sou franciscano, façamos uma bem mais simples”. Escreveu ele um “simples esquema” e me entregou. O Evangelho diz que depois da tempestade vem a calmaria. Na Magnificat foi o contrário. Primeiro veio a calmaria, a alegria. Depois a tempestade, a DOR. Ficamos isolados, arrebentados, crítica em cima de crítica. A ESPIRITUALIDADE pela qual doei mais de 25 anos de trabalho assíduo, lutando contra Golias, pregando em toda a diocese, no Brasil, em 20 países, sumiu. Fiquei só com um grupinho de jovens sem entender nada do que acontecia e perguntando por que era assim dentro da “Igreja”. Tinha respostas, mas não podia dá-las. Calei-me e entreguei nas mãos de Deus e do tempo. “Há um tempo para cada coisa”.Hoje, A COMUNIDADE já formou vários sacerdotes, um deputado federal, vereador, advogado, professor  , ou seja, homens e mulheres que estão em algum lugar espalhando o bem pelos corações. Somos já em mais de 60 membros. Já recebemos jovens da Colômbia, dos Estados Unidos que vieram nos conhecer, levar nossas experiências para seus países de origem. Por isso, aprendemos outros idiomas, como inglês, francês, espanhol, italiano. Podemos acolher o mundo em nossas casas, em nossos corações. Tenho muita gente para agradecer..., pessoas que estiveram conosco nos primeiro louvores neste lindo chão que na época era barro puro e tremendamente desconfortável. A Igreja era de zinco e colunas de eucaliptos.A Comunidade Evangelizadora Magnificat tem o carisma de evangelizar sob o poder da Eucaristia. Durante anos tem auxiliado a muitos irmãos a viverem o encontro pessoal com Deus. Especialmente seu fundador, Pe. Pepê, muito tem feito em favor das almas. Obrigado Padre Pepê por não desistir desse sonho da qual hoje, várias pessoas tem o privilégio de participar, obrigado por não desistir do sonho de evangelizar, obrigado por nos acolher nessa comunidade... e como o senhor mesmo diz: Este chão é um chão do qual brota a cura pela EUCARISTIA.E nós, somos testemunhos da sacralidade desta comunidade.Deus continue derramando bênçãos nesse local com especial carinho e gratidão e que lhe dê muita saúde para continuar sua missão, concluiu o vereador Celso.

ReciclagemNa Reunião Ordinária do dia 21 de março, o vereador Marial Cândido Murta Júnior apresentou ao Plenário a indicação nº 144/2022 que solicita ao Sr. Prefeito Municipal a tomada da seguinte providência: Inscrição do município no Edital de Chamada Pública 002/2022 da Secretaria de Estado de Meio Ambiente – (Semad), que seleciona projetos para investimento em ações de coleta seletiva.

nibusO vereador Cleiton de Sousa, através de contato com deputados, conseguiu emenda parlamentar para a compra de dois microônibus e duas vans escolares para ajudar na substituição da frota escolar do município. A emenda no valor de R$1.205.600,00 (Um milhão, duzentos e cinco mil e seiscentos reais) é um alto investimento na educação em Cambuquira.Reconhecer a real necessidade do transporte escolar para facilitar o acesso e a aprendizagem dos alunos que residem no campo é importante para fortalecer sua identidade campestre e a identidade cultural das pessoas que, no campo, vivem e constroem suas histórias de vidas.O direito ao transporte escolar está garantido também na Constituição Federal no artigo 208, inciso VII: "O dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de: VII – atendimento ao educando, no ensino fundamental, através de programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação, etc.Segundo o vereador Cleiton, esse é o resultado das visitas pontuais aos deputados, recursos para beneficiar a população e, nesse caso beneficiar as crianças que necessitam de, no mínimo, um transporte confortável e seguro já que se deslocam diariamente por quilômetros e quilômetros com o objetivo de garantir o aprendizado.

PisoFoi aprovado por unanimidade pela Casa Legislativa Cambuquirense, na Reunião Ordinária do dia 21 de março, o PL do Executivo Municipal que concede reajuste de vencimentos aos servidores de cargo de Professor, para fim específico de adequação ao piso salarial nacional dos profissionais do magistério público de educação básica, nos termos em que preceitua a Lei Federal nº 11,738/2008.O projeto foi discutido anteriormente pelos vereadores que se mostraram positivos e favoráveis ao reajuste que defendem ser justo e de total mérito dos educadores.O referido PL concedeu reajuste de 33,24% (trinta e três inteiros e vinte e quatro centésimos por centos) a partir de 01 de janeiro de 2022 sobre o salário base dos profissionais do magistério, aqui compreendidos aos professores da educação básica.Através deste, ficou garantido o piso de R$ 2,403,52 para o professor com jornada de 25 horas semanais.O valor do piso do magistério é calculado pelo Governo Federal com base na comparação do valor aluno-ano do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) dos dois últimos anos.O valor aluno-ano é o valor mínimo estabelecido para repasse do Fundeb para cada matrícula de aluno na educação básica por ano. O repasse do Fundeb envolve recursos provenientes da arrecadação de estados e municípios e também da União, quando houver necessidade de complementação financeira.

Home
Avenida Virgílio de Melo Franco, N° 471 || Cambuquira / Centro - Minas Gerais / Brasil || 37420-000
Mail camara@camaracambuquira.mg.gov.br Phone (35) 3251-1486 // 3251-2323
Fax

(35) 3251-1486 // 3251-2323